sexta-feira, 4 de outubro de 2013

JOAO RAFAEL KOVALSKI VAMOS ORAR


A Paz amados!! Muitos já sabem que eu estou inconformada com esse caso. Infelizmente não podemos fazer muita coisa, a não ser ficar atentos aos sinais a nossa volta e prestar atenção no rostinho dele, pra quem sabe conseguir identificá-lo onde ele estiver. Mas eu creio muito em Deus, e tenho orado para que o Senhor  incomode profundamente as pessoas que tiraram essa criança do seu lar e em nome de Jesus p devolvam pra família. Eu sugiro que nas igrejas de vocês e nas reuniões de orações, lancem esse propósito, coloquem a foto dele pra que os irmãos vejam, e vamos levantar um clamor por essa causa. 
Os detalhes das investigações estão no facebook, na página de uma pessoa da família, esse é o link: 

Vamos orar, vamos compartilhar e divulgar esse caso!!! Conto com todos vocês!

CRIANÇA DESAPARECIDA EM 24/08/2013
JOAO RAFAEL KOVALSKI
DE ADRIANOPOLIS-PR
DENUNCIAS: (41)3224-6822
                                                    SARGENTO TANIA: (41) 9758-6966  

Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas que não sabes.  JEREMIAS 33:33

3 comentários:

António Jesus Batalha disse...

Como já algum tempo que não lhe fazia uma visita, hoje passei por aqui
afim de ver e ler os seus trabalhos, fico grato a Deus pela sua firmesa e
dedicação à causa de Rei dos reis.
Desejo que continue a dar-nos bons textos e a ser ser um instrumento
nas mãos do grande Oleiro.
Sou António Batalha, do Peregrino E Servo.
Deixo-lhe a minha bênção, e que a paz de Jesus encha sempre seu coração.
Abraço.

António Jesus Batalha disse...

Realmente é muito triste o desaparecimento do menino, creio que o sofrimento é maior que a criança tivesse morrido. Só um milagre de Jesus pode fazer ela voltar.
Abraço.
Muita paz.

António Jesus Batalha disse...

Estou a tentar visitar todos os seguidores do Peregrino E Servo, pois por uma acção do google meu perfil sumiu e estava a seguir o seu blog sem foto e agora tive de voltar a seguir, com outra foto. Aproveito para deixar um fraterno abraço.
António Jesus Batalha.